Ao continuar navegando você aceita os cookies que utilizamos para melhorar o desempenho, a segurança e a sua experiência no site =) Para mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade.
10%
OFF!
Compartilhe nas Redes Sociais

Usucapião Extrajudicial e Advocacia Extrajudicial Teoria e Prática

Em estoque: Envio Imediato
Avaliações:
0 opiniões
0.00
SKU.: EM-2022-5255
Autor: Júlio Cesar Sanchez
Sinopse:

Surge mais uma ferramenta para regularizar imóveis no Brasil, nova, importante e eficaz em alguns casos concretos para possibilitar o brasileiro ter o tão sonhado registro de seu imóvel.
A usucapião é modo originário de aquisição da propriedade pela posse prolongada do bem. Desde março de 2016, com a entrada em vigor do Código de Processo Civil (Lei nº 13.105/2015), é possível que o interessado busque o reconhecimento da sua propriedade imobiliária diretamente nos cartórios, sem a necessidade de recorrer ao Judiciário. Este procedimento foi denominado de usucapião extrajudicial ou administrativo.
Nesse sentido, foi acrescentado o art. 216-A na Lei dos Registros Públicos (Lei nº 6.015/1973), para prever a possibilidade de se processar o pedido de reconhecimento extrajudicial de usucapião junto ao cartório de registro de imóveis da comarca em que estiver situado o imóvel usucapiendo.
E a Lei nº 13.465/2017 trouxe um grande avanço aos procedimentos de usucapião extrajudicial, retirando a obrigatoriedade da anuência do proprietário e confrontantes sobre o imóvel usucapiendo. Pela nova redação, o silêncio do antigo proprietário ou de qualquer confrontante do imóvel será interpretado como concordância ao pedido de usucapião extrajudicial.
Assim, precisamos esclarecer a importância da advocacia extrajudicial, um seguimento novo do Direito, altamente rentável e importante. A advocacia extrajudicial é um ramo de atuação jurídica que prioriza procedimentos externos ao trâmite comum do Poder Judiciário. Assim, são contemplados, sobretudo, acordos e soluções consensuais, fundamentadas em cartórios e serventias extrajudiciais. Vamos estudar juntos! As novas ferramentas e ramo da advocacia extrajudicial!
Fraterno abraço do Professor Júlio Cesar Sanchez.

Continuar lendo...

De: R$128,00

Por: R$115,20

em até 10x de R$11,52 s/ juros
no cartão de crédito
R$109,44 à vista no boleto, cartão de débito ou Pix
Clube de Fidelidade ganhe 12 pontos na compra deste livro
Outras formas de pagamento
Calcule o frete Preços e prazos de entrega

    Sinopse: Surge mais uma ferramenta para regularizar imóveis no Brasil, nova, importante e eficaz em alguns casos concretos para possibilitar o brasileiro ter o tão sonhado registro de seu imóvel.
    A usucapião é modo originário de aquisição da propriedade pela posse prolongada do bem. Desde março de 2016, com a entrada em vigor do Código de Processo Civil (Lei nº 13.105/2015), é possível que o interessado busque o reconhecimento da sua propriedade imobiliária diretamente nos cartórios, sem a necessidade de recorrer ao Judiciário. Este procedimento foi denominado de usucapião extrajudicial ou administrativo.
    Nesse sentido, foi acrescentado o art. 216-A na Lei dos Registros Públicos (Lei nº 6.015/1973), para prever a possibilidade de se processar o pedido de reconhecimento extrajudicial de usucapião junto ao cartório de registro de imóveis da comarca em que estiver situado o imóvel usucapiendo.
    E a Lei nº 13.465/2017 trouxe um grande avanço aos procedimentos de usucapião extrajudicial, retirando a obrigatoriedade da anuência do proprietário e confrontantes sobre o imóvel usucapiendo. Pela nova redação, o silêncio do antigo proprietário ou de qualquer confrontante do imóvel será interpretado como concordância ao pedido de usucapião extrajudicial.
    Assim, precisamos esclarecer a importância da advocacia extrajudicial, um seguimento novo do Direito, altamente rentável e importante. A advocacia extrajudicial é um ramo de atuação jurídica que prioriza procedimentos externos ao trâmite comum do Poder Judiciário. Assim, são contemplados, sobretudo, acordos e soluções consensuais, fundamentadas em cartórios e serventias extrajudiciais. Vamos estudar juntos! As novas ferramentas e ramo da advocacia extrajudicial!
    Fraterno abraço do Professor Júlio Cesar Sanchez.

    Tópicos abordados:
    >Material exclusivo
    >Prática na regularização de imóveis
    >Atualizado conforme Lei nº 13.465
    >Versão conforme Provimento 65 do CNJ

    O que é Advocacia Extrajudicial?

    Quais Tipos de Trabalhos Extrajudiciais Existentes?

    Por que Cobrar Consulta? Vou Elencar aqui Abaixo Simples Motivos para a Cobrança da Consulta.

    O que é Parecer Jurídico?

    Modelo de Parecer Jurídico

    O que é Acordo Consensual?

    O que são Serviços Extrajudiciais?

    Quais são os Critérios para Atuar na Área?

    Desjudicialização como Alternativa

    A Função Social das Serventias Extrajudiciais e a Desjudicialização

    Regularização de Imóveis

    Usucapião Extrajudicial na Prática.

    Como é Feito?

    Quem pode Requerer Usucapião Extrajudicial?

    O que é Usucapião Extrajudicial?

    Quem pode Requerer a Usucapião Extrajudicial?

    Como é Feito o Requerimento de Usucapião Extrajudicial?

    Quais são os Documentos que Devem Instruir o Requerimento?

    Precisa de Advogado para Requerer?

    Atuação do Tabelião de Notas no Usucapião Extrajudicial

    Modelo de Ata Notarial de Usucapião Extrajudicial

    Requerimento de Ata Notarial (Usucapião Extrajudicial)

    Modelo de Ata Notarial de Usucapião Extrajudicial em Tópicos

    Modelo de Pedido de Reconhecimento Extrajudicial de Usucapião

    Cartilha Procedimento Ata Notarial para Usucapião Extrajudicial

    A Usucapião como Instrumento de Regularização de Imóveis

    Por que é Importante Regularizar um Imóvel?

    Documentos Necessários para Regularização de Imóveis

    Regularização de Imóveis: Escritura e Registro

    Como Regularizar Imóveis sem Escritura e Registro?

    Como Proceder?

    Regularização do Imóvel sem o Habite-se

    Qual o Problema de Não Possuir esse Documento?

    Como Fazer esse Documento?

    Regularização de Imóveis com Dívidas

    Regularização de Imóveis: Contratos de Gaveta

    Quais os Passos para Regularizar um Imóvel?

    Entrada no Cartório

    Alvará de Regularização

    Certidões Negativas

    Averbação do Imóvel

    A Usucapião Extrajudicial no Direito Comparado

    Evolução Histórica do Instituto no Direito Brasileiro

    Aquisição pela Usucapião

    Efetividade da Usucapião Extrajudicial

    Bens e Direitos Imobiliários que Podem ser Usucapidos

    Acórdão

    Notas Taquigráficas

    Usucapião de Uso Especial para Fins de Moradia

    Responsabilidade Civil do Registrador na Qualificação da Usucapião Administrativa

    Provimento Nº 121 Altera Provimento Nº 65 do CNJ sobre Usucapião nos Serviços Extrajudiciais

    CNJ: Provimento Nº 65/2017 

    Modelo de Ata Notarial de Usucapião Extrajudicial de Acordo com o Novo Provimento Nº 65/2017 do CNJ

    Modelo de Ata Notarial de Usucapião Extrajudicial Aprovada após Provimento 65

    Inventário Extrajudicial em Cartório: Como Fazer Passo a Passo

    Modelos de Procuração Pública

    Modelo Petição Inventário Extrajudicial com Bens

    Inventário Extrajudicial – Perguntas E Respostas

    O que é? e Por que Usar?

    Quais são os Requisitos para a Realização de um Inventário em Cartório?

    Qual é o Cartório Competente para Realização de um Inventário?

    Quais são os Documentos Necessários para Fazer um Inventário em Cartório?

    Documentos do Falecido

    O Tabelião pode Providenciar.

    Documentos do Cônjuge, Herdeiros e Respectivos Cônjuges

    Documentos do Advogado

    Imóveis Urbanos:

    Imóveis Rurais:

    Bens Móveis:

    Partilha

    É Necessário Contratar Advogado para Fazer o Inventário em Cartório?

    É Possível ser Representado por Procurador na Escritura de Inventário?

    O que é Escritura para Nomeação de Inventariante?

    O que é Inventário Negativo?

    O que é Sobrepartilha?

    Pode ser Reconhecida a União Estável em Inventário?

    É Possível Renunciar à Herança?

    Quanto Custa?

    Modelo de Escritura Pública de Divórcio em Conformidade com a Emenda Constitucional Nº 66

    (REURB) Regularização Fundiária Urbana.

    O que é REURB?

    Papel dos Entes Federados

    Modalidade de REURB

    Quem pode e como requerer a REURB

    Passo a Passo da Reurb-S

    Embargo de Obra

     

    referências

    indíce alfabético remissivo

    Ver mais páginas do livro
    Júlio Cesar Sanchez
    Júlio Cesar Sanchez
    Júlio Cesar Sanchez
    Renomado advogado militante, professor universitário e coordenador acadêmico. Mestre, doutorando, apresentador de programas jurídicos. Editor-chefe da Complexo Educacional Brasileiro de Ensino. Fundador do Instituto Júlio Cesar Sanchez e Escola Superior Universitária. Membro da Comissão de Direito Imobiliário da Ordem dos Advogados do Brasil na Coordenação de Aspectos Jurídicos das Transações Imobiliárias.
    Especificações do Produto
    Autor(es) Júlio Cesar Sanchez
    Assunto Civil e Processo Civil
    Idioma Português
    Edição 1
    Mês Agosto
    Ano 2022
    Marca Editora Mizuno
    Tipo Impresso
    Encadernação Brochura
    Paginação 320
    Formato 17x24
    Altura (cm) 24
    Largura (cm) 17
    Profundidade (cm) 1.6
    Peso (kg) 0.6
    ISBN 9786555265255
    EAN 9786555265255
    NCM 49019900
    Usucapião Extrajudicial e Advocacia Extrajudicial  Teoria e Prática

    Avaliações

    0.00 Média entre 0 opiniões
    Ainda não há comentários para este produto.

    Opiniões dos clientes

    0%
    Recomendaram esse produto
    0%
    0 avaliações
    0%
    0 avaliações
    0%
    0 avaliações
    0%
    0 avaliações
    0%
    0 avaliações

    Formas de Pagamento

    Parcele com os cartões de crédito
    Boleto Bancário

    no Boleto/Transferência

    Cartão de Crédito
    Nº de parcelas Valor da parcela Juros Valor do Produto