Ao continuar navegando você aceita os cookies que utilizamos para melhorar o desempenho, a segurança e a sua experiência no site =) Para mais informações, consulte a nossa Política de Privacidade.
10%
OFF!
Lançamento
Compartilhe nas Redes Sociais

Organizações Criminosas

Em estoque: Envio Imediato
Avaliações:
0 opiniões
0.00
SKU.: EM-2024-8140
Autor: Francini Imene Dias Ibrahin, Joaquim Leitão Júnior
Sinopse:

Livro Organizações Criminosas é uma publicação essencial, trazida ao público pela Editora Mizuno, que oferece uma análise profunda e abrangente sobre o funcionamento, as estratégias e os desafios impostos pelas organizações criminosas contemporâneas. Escrito por Francini Imene Dias Ibrahin e Joaquim Leitão Júnior, dois renomados especialistas na área, esta obra é um recurso inestimável para todos os interessados em compreender a complexidade das redes de criminalidade que operam tanto no Brasil quanto no cenário internacional.

Continuar lendo...

De: R$98,00

Por: R$88,20

em até 8x de R$11,03 s/ juros
no cartão de crédito
R$83,79 à vista no boleto, cartão de débito ou Pix
Clube de Fidelidade Crédito de R$ 9,00 para compras futuras
Outras formas de pagamento
Calcule o frete Preços e prazos de entrega

    O livro traz discussões teóricas e práticas como a colaboração premiada, a psicologia do testemunho, a investigação cibernética, o estelionato digital, e outros.


    O Livro Organizações Criminosas é uma publicação essencial, trazida ao público pela Editora Mizuno, que oferece uma análise profunda e abrangente sobre o funcionamento, as estratégias e os desafios impostos pelas organizações criminosas contemporâneas. Escrito por Francini Imene Dias Ibrahin e Joaquim Leitão Júnior, dois renomados especialistas na área, esta obra é um recurso inestimável para todos os interessados em compreender a complexidade das redes de criminalidade que operam tanto no Brasil quanto no cenário internacional.



    Sinopse:

    Trata-se de uma obra elaborada por profissionais de diferentes carreiras que abordam diferentes temas que envolvem as Organizações Criminosas. Contém discussões teóricas e práticas, como a colaboração premiada, a psicologia do testemunho, a infiltração de agentes, a investigação cibernética, a jurisprudência internacional, a evolução conceitual e o estelionato digital, dentre outros. É destinada aos profissionais, acadêmicos, concurseiros e todos aqueles que desejam compreender o complexo e profundo cenário das organizações criminosas no Brasil e no mundo.



    Tópicos Abordados:

    ✅ Temas atuais
    ✅ Reflexões e estudos sobre o crime organizado



    Por Que Ler o Livro Organizações Criminosas?

    Compreensão Aprofundada
    O Livro Organizações Criminosas oferece uma visão abrangente e detalhada sobre as diversas facetas das organizações criminosas, incluindo as técnicas mais avançadas de investigação e combate a esses grupos. A obra destaca-se por sua abordagem multidisciplinar, reunindo conhecimentos de direito, psicologia, tecnologia da informação e outras áreas essenciais para o entendimento do tema.

    Base Teórica e Prática
    Os autores, com sua vasta experiência prática e acadêmica, trazem para o leitor uma combinação única de teoria e prática. Esta obra não se limita a discutir conceitos; ela os aplica a casos reais, oferecendo insights valiosos sobre as estratégias de investigação e desmantelamento de redes criminosas.

    Atualidade dos Temas
    Em um mundo cada vez mais conectado, as organizações criminosas evoluem rapidamente, aproveitando-se das novas tecnologias para expandir suas operações. Este livro aborda temas atuais, como o estelionato digital e a investigação cibernética, essenciais para profissionais da área jurídica, segurança pública e todos que buscam se atualizar sobre as novas dinâmicas do crime organizado.



    Público Alvo:

    Este livro é indispensável para profissionais da área de segurança pública, direito, psicologia, tecnologia da informação e demais interessados na temática das organizações criminosas. Também é uma leitura recomendada para acadêmicos, estudantes universitários, concurseiros e qualquer pessoa que deseje entender melhor como funcionam e podem ser combatidas essas redes criminosas.



    Perguntas Frequentes (FAQs):

    1. Para quem o Livro Organizações Criminosas é recomendado?
    É recomendado para profissionais de segurança pública, direito, psicologia, tecnologia da informação, acadêmicos, estudantes universitários, concurseiros e leitores em geral interessados em aprofundar seus conhecimentos sobre organizações criminosas.

    2. Quais temas são abordados no livro?
    O livro aborda uma ampla gama de temas, incluindo colaboração premiada, psicologia do testemunho, infiltração de agentes, investigação cibernética, jurisprudência internacional, evolução conceitual do crime organizado e estelionato digital, entre outros.

    3. Quem são os autores da obra?
    A obra foi escrita por Francini Imene Dias Ibrahin e Joaquim Leitão Júnior, ambos com reconhecida expertise na área de organizações criminosas.



    Colaboradores:

    ANDERSON PIRES GIAMPAOLI

    ANTÔNIO WELLINGTON BRITO JÚNIOR

    EDUARDO FRANCO DEFAVERI

    EDUARDO LUIZ SANTOS CABETTE

    EMERSON CASTELO BRANCO

    EMERSON WENDT

    FÁBIO CALIARI

    FERNANDA MORETZSOHN

    FRANCISCO SANNINI

    GABRIELA MADRID AQUINO

    GRAZIELA MACHADO DA COSTA E SILVA

    GUILHERME BERTO NASCIMENTO FACHINELLI

    GUTEMBERG DE LUCENA ALMEIDA

    JOSÉ FERNANDO MORAES CHUY

    KLISMAN FRANÇA BARBOSA

    LUCIANA MATUTINO CAIRES

    MALAKE WAKED TANOS

    MARCUS VINICIUS PORCIONATO

    MOACIR MARTINI DE ARAÚJO

    MURILLO RIBEIRO DE LIMA

    PRISCILA CAMARGO CAMPOS GONÇALVES STEFANIN

    RAFAEL FRANCISCO MARCONDES DE MORAES

    SANDRA NEPOMUCENO

    THAIANNE MORAES

    THIAGO GARCIA

    TIAGO LUSTOSA LUNA DE ARAÚJO

    VYTAUTAS FABIANO SILVA ZUMAS

    WALDEK FACHINELLI CAVALCANTE

    WENDEL ALVES SALES MACEDO

    WILLIAM BRETZ

    WILLIAM GARCEZ

    COLABORAÇÃO PREMIADA, ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS E PROVAS DEPENDENTES DA MEMÓRIA: REFLEXÕES À LUZ DA PSICOLOGIA DO TESTEMUNHO

    Anderson Pires Giampaoli | Rafael Francisco Marcondes de Moraes

    Introdução

    1. Colaboração Premiada e Instrumentos de Justiça Penal Negocial no Brasil
    2. A Colaboração Premiada no Direito Pátrio
    3. Colaboração Premiada, Psicologia do Testemunho e Entrevista Investigativa

    Considerações Finais

    PRÊMIOS POSSÍVEIS NO ACORDO DE COLABORAÇÃO PREMIADA

    Antônio Wellington Brito Júnior

    Introdução

    1. A Teoria Da Premialidade Típica.
    2. A Teoria dos Poderes Implícitos
    3. A Teoria do Diálogo das Fontes

    Conclusão

    CRIME ORGANIZADO: AGENTES INFILTRADOS E COMETIMENTO DE INFRAÇÕES PENAIS – UMA QUESTÃO DE DIFÍCIL SOLUÇÃO TEÓRICA E PRÁTICA

    Eduardo Luiz Santos Cabette

    A “COMPLEXIDADE DA INVESTIGAÇÃO” COMO FUNDAMENTO IDÔNEO PARA DESCONSTITUIR A ALEGAÇÃO DE EXCESSO DE PRAZO, NAS INVESTIGAÇÕES RELACIONADAS ÀS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS

    Eduardo Franco Defaveri

    Introdução

    1. Organizações Criminosas: Aspectos Legais e Complexidades Investigativas
    2. Princípios Legais dos Prazos de Investigação: Prazos Legais para Conclusão de Inquéritos Policiais e sua Natureza Imprópria e Prorrogável
    3. Jurisprudência sobre Excesso de Prazo e Complexidade da Investigação
    4. Casos Práticos de Complexidade e Flexibilização de Prazos
    5. Consequências do Excesso de Prazo nas Investigações de Organizações Criminosas: Impacto na Efetividade e Implicações Constitucionais

    Conclusão

    DIREITO À PROVA EM CRIMES DE ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

    Emerson Castelo Branco

    Introdução

    1. Os Labirintos da Conceituação de Organização Criminosa
    2. Organização Criminosa e Etiquetamento Social
    3. Direito à Prova como Axioma do Garantismo Penal 
    4. Direito à Prova dos Elementos da Estrutura Típica do Crime de Organização Criminosa como Garantia de uma Decisão Justa 
    5. Acompanhamento da Investigação Criminal de Organização Criminosa como Decorrência do Direito à Prova e o Juiz das Garantias. 

    Conclusão

    ESTRUTURAS ORGANIZACIONAIS E AS PERSPECTIVAS DOS ATORES RESPONSÁVEIS POR APRESENTAR RESULTADOS NA INVESTIGAÇÃO CIBERNÉTICA: NECESSIDADE DE ESTRUTURAÇÃO PARA FINS DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO NO ÂMBITO DA INTERNET

    Emerson Wendt

    1. Especialização dos Órgãos nas Polícias Civis: Antes e Depois da Lei nº 12.737/2012
    2. Atender às Expectativas do Público-Vítima e Gerenciar a Estrutura Deficitária: a Absorção, a Incorporação e o Repasse de Situações Expectantes e Frustrantes
    3. 1 Observar e Conhecer o Público-Alvo dos Crimes Cibernéticos: Atendimento às Vítimas, Demandas, Estruturas e Frustrações
    4. 2 Efetivo e Capacidade Técnica Especializada
    5. 3 Investimentos na Estrutura de Investigação Cibernética: União, Estados e Iniciativa Privada/Pública
    6. 4 Melhoria das Condições de Realização da Atividade de Investigação Cibernética: Entre Sugestões e Expectativas
    7. Atribuição e Atuação: entre Realidades e Expectativas sobre Expectativas Normativas de Estruturação
    8. 1 Foco De Atuação e Delimitação das Atribuições do Órgão de Investigação Criminal Cibernética: O que é Expectável
    9. 2 Interação com outros Órgãos de Persecução Criminal: Papéis e Organizações
    10. Qualificação e Treinamento dos Atores de Investigação Criminal Cibernética: Realidades Expectantes

    Considerações Finais

    MICROSSISTEMA DA LEI DE ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS E REFLEXOS NAS LEIS PENAIS ESPECIAIS

    Fábio Caliari

    Considerações Preliminares

    1. Lei de Organização Criminosa e Microssistema Legislativo

    Considerações Finais

    ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS VOLTADAS À EXPLORAÇÃO DE VULNERABILIDADES SENTIMENTAIS DAS VÍTIMAS: ANÁLISE DE PERFIL E MEIOS DE CONSUMAÇÃO DOS DELITOS

    Fernanda Moretzsohn | Sandra Nepomuceno

    Introdução

    1. Breve Contextualização
    2. Meios Utilizados pelas Organizações Criminosas para o Cometimento dos Crimes
    3. A Configuração do Crime de Estelionato

    Conclusão

    JUIZ SEM ROSTO E AS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS NO BRASIL: UMA ANÁLISE DE CASOS DECIDIDOS PELA CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS

    Francini Imene Dias Ibrahin | Klisman França Barbosa 

    PRINCÍPIOS VETORES DO ACORDO DE COLABORAÇÃO PREMIADA

    Francisco Sannini

    Introdução

    Considerações Gerais

    1. Princípio da Discricionariedade 
    2. Princípio da Sigilosidade
    3. Princípio da Boa-Fé Objetiva
    4. Princípio da Vedação do Comportamento Contraditório
    5. Princípio da Autonomia da Vontade Mitigada
    6. Princípio da Voluntariedade
    7. Princípio da Complementariedade ou da Corroboração

    Conclusão

    A APLICAÇÃO DO PRINCÍPIO PAS DE NULLITÉ SANS GRIEF PELO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL E SEU IMPACTO NA PERSECUÇÃO PENAL DAS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS

    Graziela Machado da Costa e Silva | Gabriela Madrid Aquino

    A PROTEÇÃO DA INTEGRIDADE PÚBLICA DAS INSTITUIÇÕES POLICIAIS FRENTE ÀS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS

    Guilherme Berto Nascimento Fachinelli

    Introdução

    1. Integridade Pública das Instituições Policiais
    2. Força-Tarefa Ope Legis Corregedoria de Polícia e Ministério Público

    Conclusões

    NARCOCÍDIO, CRIMES CONTRA A VIDA NO ÂMBITO DO NARCOTRÁFICO: DISCUSSÕES CONCEITUAIS E IMPLICAÇÕES JURÍDICAS

    Gutemberg de Lucena Almeida

    Introdução

    1. Crimes contra a Pessoa: Homicídio
    2. Crimes de Homicídio Praticados no Âmbito de Organizações/Facções Criminosas
    3. Projeto de Lei 3786/2021
    4. Discussões sobre a Competência para Processo e Julgamento

    Considerações Finais

    O NECESSÁRIO ENFRENTAMENTO ÀS NOVAS FIGURAS E PRÁTICAS CRIADAS PARA BURLAREM A CONFIGURAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

    Joaquim Leitão Júnior

    Considerações Finais

    DA ESCOLA DE COPENHAGUE À UMA NOVA AGENDA DE SEGURANÇA: O ENFRENTAMENTO ÀS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS CONTEMPORÂNEAS

    José Fernando Moraes Chuy | Luciana Matutino Caires

    1. Evolução Histórica e Conceitual
    2. A Escola de Copenhague
    3. Proposta de uma Nova Agenda

    Conclusão

    A AÇÃO CONTROLADA DA ATIVIDADE POLICIAL NO COMBATE AO CRIME ORGANIZADO

    Malake Waked Tanos

    Introdução

    1. Evolução Histórica 
    2. A Ação Controlada como Meio Extraordinário de Obtenção de Prova. Conceito, Características e o Flagrante Prorrogado
    3. A Ação Controlada na Lei de Drogas
    4. A Ação Controlada na Lei de Organizações Criminosas
    5. A Ação Controlada na Lei De Lavagem de Dinheiro

    Conclusão

    A LEI FEDERAL N. 12.850/13 E OS MEIOS DE IDENTIFICAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS EM CASOS PRÁTICOS

    Marcus Vinicius Porcionato | Priscila Camargo Campos Gonçalves Stefanin

    Introdução

    1. Casos Práticos

    Considerações Finais

    ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA: UMA ANÁLISE EMPÍRICA DOS REQUISITOS PARA A SUA EXISTÊNCIA FRENTE À SUA BANALIZAÇÃO NA ESFERA PROCESSUAL

    Moacir Martini de Araújo

    1. Compêndio Histórico da Legislação Brasileira
    2. Requisitos Legais para a Constituição da Organização Criminosa
    3. Organização Criminosa e o Direito Penal de Emergência

    O PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL (PCC) E A IDENTIFICAÇÃO DE CARACTERÍSTICAS DO MODELO MAFIOSO DE ATUAÇÃO

    Murillo Ribeiro de Lima

    Introdução

    1. Conceituação de Organização Criminosa e Facção Criminosa
    2. O Primeiro Comando da Capital (PCC) 
    3. Características do Modelo Mafioso de Atuação
    4. 1 A Existência de um “Código”, Manual ou Estatuto
    5. 2 O Controle Remoto das Atividades
    6. 3 A Hegemonia pelo Território
    7. 4 A Expansão para Redes Internacionais
    8. 5 Engenharia Financeira para Lavagem de Capitais
    9. 6 O Assistencialismo a Membros e Familiares 

    Conclusão

    SEGURANÇA PÚBLICA, CRIME ORGANIZADO E OS EFEITOS DA DECISÃO DE RESTRIÇÃO DA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES POLICIAIS EM COMUNIDADES DO RIO DE JANEIRO (ADPF 635 STF)

    Thaianne Moraes

    Introdução

    1. A Decisão De Proibição e os Efeitos no Tempo – Análise Prática
    2. O Território e o Crime Organizado

    Considerações Finais

    OBSTÁCULOS AO ENFRENTAMENTO DAS FACÇÕES CRIMINOSAS BRASILEIRAS

    Tiago Lustosa Luna de Araújo

    Introdução

    1. Violência e Intimidação
    2. Corrupção e Infiltração
    3. Superlotação e Precariedade do Sistema Penitenciário
    4. Ocupação de Espaços em Ambientes de Negligência Estatal
    5. Fragmentação e Descentralização das Facções
    6. Fronteiras Porosas
    7. Subfinanciamento da Investigação e Inteligência
    8. Cooperação Deficiente entre os Estados e Órgãos Federais 
    9. Políticas Criminais Populistas

    Considerações Finais

    PRINCIPAIS ARMAS CONTRA AS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS: REFORMA IDEOLÓGICA E JURISPRUDÊNCIA INTERNACIONAL 

    Thiago Garcia

    Introdução

    1. Reforma Ideológica pelo Princípio da Proporcionalidade
    2. Garantismo Total e Garantismo Parcial
    3. Jurisprudência Internacional
    4. Epidemia de Homicídios
    5. Estado de Coisas Inconstitucional
    6. Modelo Ideal de Delegado de Polícia

    SHĀZ HŪ PÁN, PIG BUTCHERING E O ABATE DE PORCOS

    Vytautas Fabiano Silva Zumas

    Introdução

    1. Romance Scam Explicado
    2. Anatomia do Scam
    3. Organizações Criminosas e as Duas Faces da Fraude
    4. Dificuldades para a Investigação
    5. Breve Estudo de Caso

    Considerações Finais

    A PREVENÇÃO DA CRIMINALIDADE ORGANIZADA OU DAS REDES CRIMINOSAS E A LÓGICA DOS MERCADOS ILÍCITOS

    Waldek Fachinelli Cavalcante

    Introdução

    1. Prevenção criminal e políticas públicas baseadas em evidências
    2. Definição do crime organizado e as redes criminosas
    3. Os mercados ilícitos e as formas de manifestação do crime organizado 
    4. Cooperação
    5. Lavagem de capitais
    6. Esforços anticorrupção
    7. Inteligência criminal e o intelligence-led policing
    8. Convenção das Nações Unidas contra o Crime Organizado Transnacional

    Conclusão

    ANÁLISE DO TRATAMENTO JURÍDICO ENVOLVENDO A ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA AO LONGO DOS ANOS NO BRASIL

    Wendel Alves Sales Macedo

    Introdução

    1. Origem da Organização Criminosa no Mundo e no Brasil
    2. Grau de Lesividade da Atuação da Organização Criminosa
    3. Conceito Legal de Organização Criminosa e Crime de Organização Criminosa
    4. Organização Criminosa como Crime Hediondo e Consequências Jurídicas
    5. Meios de Obtenção de Prova da Organização Criminosa
    6. Direito Penal do Inimigo e Organização Criminosa
    7. Garantia da Lei e da Ordem em 2023

    Considerações Finais

    ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS, CRIME DE ESTELIONATO DIGITAL E A QUEBRA DE SIGILO BANCÁRIO SEQUENCIAL

    William Bretz

    Introdução

    1. Do avanço das Organizações Criminosas sobre o crime de Estelionato Digital
    2. Das ações de Segurança Pública no enfrentamento do Estelionato Digital
    3. Dos aspectos práticos da Investigação do Estelionato Digital
    4. Da quebra de sigilo bancário sequencial

    Considerações Finais

    A EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA NO ORDENAMENTO JURÍDICO-CRIMINAL BRASILEIRO

    William Garcez

    1. Introito
    2. A Evolução do Conceito de Organização Criminosa no Ordenamento Jurídico-Criminal Brasileiro

    ✅ Temas atuais
    ✅ Reflexões e estudos sobre o crime organizado

    Ver mais páginas do livro
    Francini Imene Dias Ibrahin
    Francini Imene Dias Ibrahin
    Francini Imene Dias Ibrahin
    Doutorando em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP. Mestre em Direito Ambiental e Políticas Públicas pela Universidade Federal do Amapá – AP. Especialista em Direito Administrativo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP. Pós-graduanda em Direitos Humanos pela Faculdade CERS (CEI). Pós-graduanda em Inteligência Policial e Segurança Pública pela ESDP/FCA. Sócia Fundadora da Comunidade de Juristas de Língua Portuguesa. Autora de livros e artigos jurídicos. Delegada de Polícia Civil do Estado de São Paulo.
    Joaquim Leitão Júnior
    Joaquim Leitão Júnior
    Joaquim Leitão Júnior
    Pós-graduado em Ciências Penais pela rede de ensino Luiz Flávio Gomes (LFG) em parceria com Universidade de Santa Catarina (UNISUL). Pós-graduado em Gestão Municipal pela Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT e pela Universidade Aberta do Brasil. Curso de Extensão pela Universidade de São Paulo (USP) de Integração de Competências no Desempenho da Atividade Judiciária com Usuários e Dependentes de Drogas. Colunista do site Justiça e Polícia, coautor de obras jurídicas e autor de artigos jurídicos. Ex-Diretor Adjunto da Academia da Polícia Judiciária Civil do Estado de Mato Grosso. Ex-Assessor Institucional da Polícia Civil de Mato Grosso. Ex-assessor do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Atualmente atuando como Delegado de Polícia no Estado de Mato Grosso na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Barra do Garças-MT e lotado no Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECO).
    Especificações do Produto
    Assunto Penal e Processo Penal
    Idioma Português
    Edição 1
    Mês Fevereiro
    Ano 2024
    Marca Editora Mizuno
    Tipo Impresso
    Encadernação Brochura
    Paginação 312
    Formato 16x23
    Altura (cm) 23
    Largura (cm) 16
    Profundidade (cm) 1,87
    Peso (kg) 0,5
    ISBN 9786555268140
    EAN 9786555268140
    NCM 49019900
    Organizações Criminosas

    Avaliações

    0.00 Média entre 0 opiniões
    Ainda não há comentários para este produto.

    Opiniões dos clientes

    0%
    Recomendaram esse produto
    0%
    0 avaliações
    0%
    0 avaliações
    0%
    0 avaliações
    0%
    0 avaliações
    0%
    0 avaliações

    Formas de Pagamento

    Parcele com os cartões de crédito
    Boleto Bancário

    no Boleto/Transferência

    Cartão de Crédito
    Nº de parcelas Valor da parcela Juros Valor do Produto